Google + Facebook Twitter YouTube Vimeo
PORTFÓLIO

Layout Responsivo Layout Responsivo

Antigamente ao desenvolver um website ou blog você devia tomar cuidados com os tamanhos de telas, geralmente tomávamos como padrão um valor que seria utilizado para qualquer tipo de resolução de tela do visitante. Com a grande variação de dispositivos moveis e resoluções de telas que encontramos hoje em dia, fica praticamente impossível ter um padrão e ao mesmo tempo apresentar com qualidade o conteúdo do blog/site para os todos que acessam.

responsivo (1)

 

A internet está ficando cada dia mais veloz, seu conteúdo mais rico, a facilidade de acesso é uma realidade e as telas estão ficando cada vez menores. Na verdade as telas não estão ficando menores, o que está realmente acontecendo é que estamos conseguindo acessar a internet de diferentes canais e entre estes temos desde as minúsculas telas dos smartphones até uma televisão de 52 polegadas. Essa tela não é pequena, então, para qual tela o seu site foi feito?

Um novo adjetivo está surgindo no mercado de websites e veio para ficar. Design Responsivo é aquele que consegue se adaptar a diferentes telas e quando afirmo que ele se adapta não estou dizendo que ele simplesmente funciona, um projeto responsivo se reorganiza da melhor forma para apresentar seu conteúdo de acordo com o dispositivo do usuário. Só para ter uma ideia, segundo o Portal Our Mobile Planet gerenciado pelo Google, 14% da população brasileira já possui smartphone, 50% desse número possui acesso a internet e 9 em cada 10 brasileiros ou possuem ou desejam ter os chamados telefones inteligentes. Outro dado interessante, agora do CGI.br (Comitê Gestor de Internet do Brasil), entre 2010 e 2011 o acesso via dispositivo móvel cresceu 340% contra apenas 40% dos PCs e essa diferença só vem aumentando.

Ao se libertar das telas e se convencer que um projeto web necessita ser responsivo precisamos formular o perfil do usuário e identificar qual ou quais seriam os dispositivos comuns de acesso do público alvo em questão. Desenvolver um projeto 100% responsivo pode ficar excessivamente caro e não trazer o retorno desejado, já que nesse universo temos que levar em conta os desktops, notebook, tablets, smartphones, televisores, videogames, geladeiras entre outros possíveis mecanismos com acesso a internet que existem e que estão por vir. Isso sem entrar no mérito das plataformas nativas desses dispositivos: Android, Mac, Windows…

Segundo estudo realizado pela Iteractive Advertising Bureau (IAB Brasil), denominado “Como 80 milhões de brasileiros acessam a internet no Brasil” o desktop lidera com 77%, seguido pelo notebook (59%), smartphone (40%), tablets (30%), videogames (12%), outros (12%).  O interessante nesse estudo é a separação de perfis e a formação de tribos pelos dispositivos. Por exemplo:

•    Os jovens preferem realizar os acessos via smartphones, tablets e videogames;
•    62% da audiência brasileira online acessa a internet via dois ou mais canais;
•    61% dos brasileiros acessa a internet enquanto assistem TV;
•    23% dos jovens adultos (entre 25 e 34 anos) acessam a internet por quatro ou mais canais.

Levando em consideração esses entre outros fatores cada projeto necessita de um estudo particular para determinar onde o conteúdo deve ser adaptado e quais informações devem ser privilegiadas. Um projeto web bem estruturado deve ter pelo menos 2 canais com responsividade aumentando a eficácia e o feed-back a respeito de seu público, direcionando o investimento e garantindo um satisfatório retorno para o seu negócio. A constante manutenção do site nesse sentido é fundamental para que ele possa se manter tecnologicamente compatível, relevante e o alcance sempre eficiente.